Aboborar por aqui

Segundo os dicionários aboborar significa amolecer (pôr ou pôr-se mole) ou amadurecer (um plano ou uma ideia). Ou seja, o que devia estar a fazer agora era aboborar no sofá enquanto aboboro os muitos projetos com que tenho andado ocupada.

Em vez disso tenho andado a aboborar o que hei de fazer com o tsunami de abóboras que os vizinhos resolveram oferecer-nos.
Abororo-as, pois então. Ou seja, transformo-as em coisas moles: sopas, purés, estufados, compotas, bolos e tartes. Das entradas à sobremesa, aqui ficam algumas experiências que tenho feito.

Sopa de abóbora com caril
Numa panela grande, juntar azeite, 1 cebola cortada em pedaços e 3 dentes de alho. Quando a cebola estiver refogada, junta-se 1 colher de sopa de caril e 1 colher de chá de sementes de cominho. Mexe-se durante 1 minuto e depois acrescenta-se a abóbora cortada em pedaços e água. Se preferir, pode juntar curgete ou cenoura.
Depois de cozida, passa-se com a varinha mágica. Serve-se com um fio de azeite ou natas.

Abóbora assada com feta

Pré-aquecer o forno a 210º. Forrar o tabuleiro com papel vegetal. Colocar a abóbora cortada em pedaços pequenos, regar com um fio de azeite e temperar com sal e pimenta. Levar ao forno durante 20 minutos. Ao fim desse tempo, espalhar sementes de sésamo por cima das abóboras. Levar ao forno durante mais 10 minutos.
Antes de servir, junte vinagre balsâmico e pedaços de queijo feta esmagados. É ótima como uma refeição vegetariana ou como acompanhamento para um prato de carne.

Bolo de abóbora com mel
Fiz este bolo ontem, adaptado de outra receita (que levava farinha de alfarroba). É um bolo sem açúcar e sem glúten, mas penso que ficará igualmente bom se se usar açúcar (umas 6/7 colheres) em vez do mel e farinha de trigo normal. É muito fácil de fazer e fica húmido.
Como não é muito doce, houve cá em casa quem tivesse acompanhado a fatia de bolo com compota de uva. Ou queijo fresco. Experimentem.

4_boloabobor

500 gr de abóbora
50 gr de coco ralado
3 ovos grandes
4 colh. sopa de mel
1 colh. chá de fermento
2 colh. chá de canela
4 colh. sopa de farinha de trigo sarraceno
1/2 colh. chá de sal fino
nozes picadas (opcional)

Cortar a abóbora em pedaços. Triturar primeiro o coco ralado e a seguir juntar a abóbora (crua) de forma a que fique tudo em puré. Numa taça, juntar os ovos e depois os ingredientes restantes. Levar ao forno a 180º durante 40 minutos.

Tarte de abóbora com especiarias

Esta é a tradicional tarte do Halloween ou Thanksgiving norte-americano, adaptada por uma amiga, que me passou a receita.

2 chávenas de puré de abóbora cozida
3 ovos
½ chávena de açúcar mascavado ou açúcar de coco
2 colh. sopa de mel
½ colh. chá de sal fino
1 colh. chá de canela
1 colh. chá de gengibre em pó
¼ colh. chá de cravinho em pó
¼ colh. chá de noz moscada em pó
¼ colh. chá de cardamomo em pó
1 colh. chá de raspa de limão
1 pacote de natas de 200 ml (melhor ainda: 1 pacote de natas frescas)
Massa quebrada ou areada, de compra ou feita em casa, conforme o tempo disponível.

Coze-se a abóbora e deixa-se escorrer bem todo o líquido. Depois de arrefecer, junta-se os ovos e os restantes ingredientes.
Forra-se a forma de tarte com a massa quebrada e deita-se o recheio. Este fica bastante líquido mas é mesmo assim. Há de cozer no forno a 220º durante os primeiros 15 minutos. Depois baixa-se para 180º e deixa-se mais 45 minutos.

As especiarias, exceto gengibre, costumo reduzi-las a pó na altura de usar, num almofariz. Depois passo por um coador pequeno, para evitar pedaços maiores. Escusado será dizer que, nesse caso, as quantidades são a “olhómetro”. Também costumo descomplicar: se não houver açúcares “especiais” faço com açúcar branco.

Depois das abóboras Menina, os vizinhos do lado resolveram ainda trazer algumas abóboras Porqueira (sim, são dadas aos porcos como alimento). Acho que vou para ali aboborar mais um bocado.

 

Anúncios

2 thoughts on “Aboborar por aqui

  1. Que imagens tão bonitas, as das abóboras. Quanto às receitas, todas me convencem, menos a do bolo, por causa do coco – mas se calhar fica igualmente bom se o substituir por outra coisa, ou simplesmente eliminar?…

    • Na receita original do bolo de abóbora a quantidade de coco era 150 gramas. Eu reduzi, porque era o que tinha em casa mas, sinceramente, acho que o bolo passa muito bem sem o coco (apesar de eu gostar muito, neste caso poderá muito bem ser dispensado).

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s